Aguarde...

Para políticos, criatividade pode solucionar os problemas

Terceira edição do Agenda Ribeirão reuniu governador, deputados, prefeitos e vereadores na FAAP

| A Organização

Weber Sian / A Cidade
"Quero cumprimentar a EPTV pela iniciativa. Uma boa imprensa é a sociedade conversando consigo própria, discutindo consigo própria. Quero também cumprimentar pela importância do tema" - Geraldo Alckmin (PSDB), governador (Foto: Weber Sian / A Cidade)

 

A solução dos problemas pode ser encontrada na criatividade. Essa foi a conclusão dos políticos que participaram, na manhã desta sexta-feira (3), da 3ª edição do Agenda Ribeirão, que teve como tema “Cidades criativas e cidadania ativa”.

VEJA GALERIA DE FOTOS

“Tudo o que foi apresentado deixou claro que podemos transformar um limão em uma limonada”, ressaltou o deputado estadual Rafael Silva (PDT).

No discurso de abertura do evento, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) destacou a mecanização na agricultura e a robotização na área da indústria. “Nosso tempo é o da mudança e da velocidade”, enfatizou.

Para o deputado federal Baleia Rossi (PMDB) a “criatividade pode ser usada para que a cidade seja mais humana e ofereça mais qualidade de vida”.

O deputado federal Duarte Nogueira (PSDB) considerou o debate oportuno pelo momento que o País vive. “Não existe salvador da pátria, mas é importante propor o que pode melhorar a autoestima e capacidade de Ribeirão”, frisa.

A prefeita Dárcy Vera (PSD) apontou o que considera algumas das ações criativas de seu governo: castramóvel, Dr. Móvel, programa ‘É Pra Já’, iluminação de led e caçamba social.

Para o deputado estadual Léo Oliveira (PMDB), o evento gera ideias viáveis. 

Baixe o Adobe Flash Player

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Veja também